A Petrinha, o Pedrinho e… as Estrelas

– Ó Petrinha, achas que eu tenho uma estrelinha na testa?

– Não vejo nada, Pedrinho! Mas… achas que tens?

– Não sei! Diz-me tu, Petrinha, se faz favor!

– Bem! Pedrinho, ver com olhos de ver, não vejo, nem dá para imaginar, mas… de facto…

– Petrinha, vais dizer que tenho ideias luminosas?!… Fixe!

– Calma, Pedrinho! Ainda não disse nada, mas…

– Ó Petrinha, mas… se eu tenho ideias luminosas, então nasci mesmo com uma estrela na testa, e pronto!

– Ah! Ah! Pedrinho, e quando a sr.ª preguiça te ataca e justificas com o teu: ” Agora não posso; não tenho ideias”?

– Ora, Petrinha! As estrelas também dormem! Vais ver que é esse o fenómeno!

– Grande fenómeno, Pedrinho! Nunca visto! Mas… olha que ouvi a avó dizer que a D. Flor não tinha nascido com uma estrela na testa!

– Coitadinha, Petrinha! E aqueles sabichões, “os crânios”? Calhando nasceram com uma constelação na testa, mas… deve dar cá um trabalho!

– Ah! Ah! Só tu, Pedrinho! E a D. Graça? Sabes que ouvi a avó dizer-lhe que tinha nascido com uma estrela na testa?

– Não sabia, Petrinha! Mas… olha que… até tem graça! E ainda bem, se não, as más línguas podiam lembrar-se de tratá-la por D. “Desgraça”, e não tinha graça nenhuma!

– Concordo, Pedrinho! Afinal, tu e a D. Graça, tão estrelados, são uns sortudos!

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: