Archive for Junho, 2018

A Perigosa Roseira
Junho 16, 2018

Quem nasce roseira terá espinhos a vida inteira, sem olho de onda, nem pestanas floridas de amendoeira!

A Prisão do Ressentimento
Junho 16, 2018

Liberta-se e ao outro quem solta as amarras da prisão do ressentimento e se faz ao largo, sulcando a transparência das novas águas com os remos do perdão, desenhando rostos sorridentes com a amorosa e cintilante constelação do coração!

O Sublime Sentimento
Junho 16, 2018

O sublime sentimento da amizade não pode ser confundido nem usado como um mero papelão que absorve a dor e a preocupação, e que de seguida se espezinha e abandona no chão, espelhando-se numa sombra de solidão!

Sorriso do Dia – A Canção do Coração
Junho 16, 2018

A canção do dia é a dança da ondulação, criando esperança na melancolia do saudoso coração, despertando sorrisos escondidos no jardim florido de beijos soprando da tua mão!

Pétalas de Amor
Junho 16, 2018

Que ninguém ouse esmagar a doçura das aveludadas pétalas do amor com o gélido granizo da gratidão!