Gente Boa da Minha Aldeia – A Senhora dos Correios

Uma senhora de estatura média, com a cabeça enfeitada por um soltos caracóis já grisalhos, atravessava a sala grande, de pavimento cimento, tom nada recomendado para o contexto, dizem, onde o burburinho nos leva a cogitar que, “calhando”, os ” doentes” aqui presentes não padecem, mas previnem a doença, prática que muitos, no seu douto saber, defendem!

Os óculos pareciam manter a linha de umas armações já conhecidas algures, apoiava-se a uma canadiana, mas foi o seu perfil e a marcha que me chamaram a atenção: era a senhora dos correios, que costumava estar ao lado da colega com nome de rainha de Portugal e com os olhos verdes mais belos que já vi, palpitando sobre um doce sorriso.

E…

Entre zunzuns de: “Gente rica que não sabia governar as terras e vendeu aos pobres”, e outros que: “Não tinha bom focinho”, a senhora dos correios passava segura e indiferente como quem acaba de atender alguém, pronta para quem está a seguir!

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: