Gente Boa da Minha Aldeia – A Sorte

rocha-recortada-2013

Movimentando um acessório com as mãos, por indicação técnica, pensou uma curiosa menina em voz alta:

– Olha! É uma ferradura!

– Dizem que dá sorte; não a desmanches! – gracejou uma voz mais rouca e cansada.

– O meu pai era ferrador e não teve sorte nenhuma! – arrematou uma voz ensonada por ter embalado toda a noite a pequena e irrequieta filharada.

Risada geral; até a maleável ferradura ficou horizontal!

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: