A Criança, Objeto de uma (des)Construção

manto-estreito-2014

A (des)construção do universo da criança começa na asfixia da sua identidade como ser humano, limitando-a à condição de pedaço de barro que o pseudo-adulto manipula, molda e remolda a seu belo prazer, na ignorância do seu ser e na deturpação de um sublime sentimento, o amor, empedernido de egoísmo, fazendo parcos moldes de uma fria e esburacada manta de retalhos, contrariando os direitos humanos e os projetos divinos de cada filho!

Advertisements

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: