Quando Eu For Grande – Quinquagésimo Quinto Desejo

Menina Grande

Quando eu for grande, quero ser a voz da verdade, soprando livremente como o vento, ecoando a palavra: Amizade!

Quando eu for grande, quero ser a voz do mar, acordando a inércia como a tempestade faz com o pescador, acoando a palavra: Amor!

Quando eu for grande, quero ser a voz da justiça, respeitando o direito à diferença como rege a harmonia da natureza, ecoando a palavra: Fraternidade!

Quando eu for grande, quero ser a voz do vento, assobiando a alegria no meio do tormento, percorrendo o mundo nas asas da imaginação como uma criança, ecoando a palavra: Irmão!

Quando eu for grande, quero ser a voz do silêncio, cantando: o amor, a paz, o perdão, expressando a solidariedade na dor, o carinho na alegria, a força na vicissitude como um sábio humano com luz no coração, abrindo a todos a mão, ecoando a palavra: Felicidade!

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: