A Orquestra da Vizinhança

Version 2

A janela da minha vizinha perdeu o pio! Já não chilreia, anunciando a primavera do dia-a-dia em qualquer estação, não tempera o cheiro da comida com notas musicais, nem embala a noite com a sua linda voz de menina-mulher!

A janela da minha vizinha ficou muda, as paredes amarelas desbotaram-se de tristeza, e a sua alegria esvoaçou para outra freguesia!

A música que subia e descia as escadas do meu prédio, que não gostava de andar de elevador, mas que nos convidava a cantar, a dançar e a sonhar também acompanhou os jovens dedos artísticos para outra freguesia, e o silêncio que deixou atrás de si adormeceu a alegria!

Mas…

Agora a música é outra…

Da janela da minha vizinha brotam chilreios de criança que já sabe dizer: Papá! Mamã! Portugal!

E…

Do andar de cima os desequilibrados tic-tic de uns passinhos de criança, já correm e dão as primeiras as gargalhadas!…

E…

Eu sorrio para estas delícias, presentes constantes da inocência, sinfonias maravilhosas da vida!

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: