O Despertar dos Anéis Dourados

Mãos Dadas de Ondas, 2014

Era a manhã cintilando nos sentidos, alisando as pedras rugosas do caminho!

Era o canto sussurrante dos mágicos passeios, aquecendo as noites frias!

Era a luz da alegria, dançando com as estrelas ao luar, brincando sem parar!

Era o raciocínio matemático dos afetos, multiplicando carícias com beijos!

Era a chuva de véus brancos salgados, esvoaçando nas coroas dos reis sem reino!

Era o sorriso das crianças, acordando de amuos, de caretas, de palmadas e mimos!

Era a mão doce, limpando lágrimas, aplaudindo a alegria, partilhando preias-mar!

E…

Era o sussurro das pétalas de bem-te-quer, despertando os sentidos dos anéis dourados!

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: