O Dia da Saudade

Simplicidade de Pétalas, 2016

No dia da despedida, beija a luz dourada dos sorrisos da manhã, debruça-te à janela branca da saudade, sente o doce emergir das águas silenciosas, sussurrando-te poemas do tempo com sílabas de amor, ecoando na flauta da liberdade dos sentidos, dançando sobre as águas embaladas nas memórias do teu ser!

E…

De lábios trémulos de dor, de olhos orvalhados de ternura e de coração ardente de amor atravessa a noite com feixes luminosos de madrugada, despertando as flores plantadas no teu jardim, regando-as com carícias de jasmim!

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: