Os Pés na Praia da Vida

Manto Branco de S. Torpes, 2016

Cogito se será melhor comprar um par de sapatos para dançar com a vida ou se preferirei a liberdade de andar descalça?!…

Claro que o pé ao léu tem muitas vantagens de contacto com o terreno: ao de leve, aos saltinhos, bater o pé, anda de bico de pé, não arradar pé!…

Mas…

E… alguns grandes, pesados ou bicudos sapatos ou botas me pisam?!… Nunca fiando, por isso, pé ligeiro!

Já o pé no sapato, protege do frio e da chuva, mas… aquece, e pode apertar o peito – do pé – e gastar a sola!

Mas…

Também permite… dar massagens, pisadelas, distraídas, se não acertar, por exemplo, o passo de dança, ou propositadas, de chamada de atenção ou de estilo palmadinhas, ou sapateado, para seduzir, encantar, comandar!…

Posto o pé à vontade, ou calçado, estaria pronta para abrir o baile com a minha dança e o par adequado à circunstância!

E…

Responderia a um convite de cortesia perfumado de maresia:

– A menina dança?!…

E… retorquiria, trémula:

– Sou a flor dourada da manhã!

– Conheço-a, menina, a do pé levezinho! Não tenha medo! Eu não a piso! Dê só um passinho, e estenda o seu bracinho – responder-me-ia o rapazinho muito espertinho!

– Estendo o bracinho?!… Para quê?!… – perguntaria, surpreendida e decidida. Não se incomode!

E…

Ele, envergonhado, retirar-se-ia!

Descalça, rodopiando, eu cantaria:

Como é linda a música do mar!
E… os sorrisos a brilhar!
E… o pé nu e livre a dançar!

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: