O Sapato Largo e a Medida do Coração

Rosa-Pálida do Quintal 2016

Era um lindo sapato preto a tapar o peito do pé!

Era uma grossa sola para atravessar a chuva!

Era um estilo-agasalho como um casaco de pele!

Era uma palmilha fofa com curvaturas e poros!

Era um par de sapatos com cachecol de tiras e velcro!

Mas…

A qualidade, as linhas e a falta que fazia não enchiam, nem satisfaziam o o pé!

A mãe olhava tristonha para o par de sapatos de sonho que, ainda por cima, tinha um laço a dizer: promoção!

O menino olhava para a sua hesitação com um pé no sapato e o outro na mão, e nada percebia!

– Mãe, que sapatos tão bonitos! Até podes andar à chuva sem molhares os pés! Vais comprar, não vais?

– Não, filhinho! São grandes para os meus pés! Não os poderia usar! – respondeu a tristonha progenitora antes de tê-los devolvido à simpática vendedora.

Saíram da sapataria e os sapatinhos voltaram, chorosos, para a escuridão da caixa de cartão!

E…

A Senhora-Mãe-Mulher cogitava:

” Não eram uns meros sapatos, mas o eco de um poema, de um poema de amor em que os versos não têm a medida certa para as sílabas do coração!”

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: