Histórias de Fantoches – A Ritinha, 5.ª Página

A Ritinha

– Muito bem! Muito bem! Gostei muito… – aplaudiu a professor visivelmente satisfeita.

Quando tocou para o intervalo, os meninos nem correram para a porta como era habitual; a professora até teve de chamar-lhes a atenção, e… parecia que não tinha terminado os elegios que a turma esperava!…

A Ritinha foi a última a sair da sala, mas antes dirigiu-se à professora, e disse-lhe:

– Sr.ª Professora, estou tão contente! Obrigada por esta aula! Foi mesmo uma aventura, quer dizer muitas! Nem me apetece ir jogar ao berlinde, nem saltar à corda!

– Mas tens de ir lá fora, Rita. E come o teu lanche, sim? A seguir vamos falar sobre as vossas lindas histórias, e depois do almoço vamos convidar os números para fazermos outro jogo.

Ao final do dia, o avô da Ritinha lá estava no seu automóvel antigo à porta da escola.

Quando a Ritinha entrou no carro, nem cumprimentou o avô, mas disse-lhe eufórica:

– Avôzinho do meu coração, este dia de aulas correu mesmo bem; até o almoço da cantina estava uma delícia. Queres ouvir o que aconteceu?!…

A Ritinha começou a contar como fora o seu dia. No percurso, nem cumprimentava ninguém na rua, porque tinha de partilhar a sua alegria com o avô e, e queria dizer-lhe tudinho!

Quando chegaram à Quinta das Buganvilias, o Flecha saltou de contente e lambeu as mãos da Ritinha; ela fez-lhe muitas festas na cabeça.

A avó estava tão entretida a regar as flores, que nem se apercebeu da chegada do marido e da neta. Então a Ritinha aproximou-se dela devagarinho, tapou-lhe os olhos e abraçou-a, mas a D. Maria assustou-se, deixou cair a mangueira e a menina tomou um duche de água fria.

A Ritinha ficou com medo de que a avó se zangasse, mas enganou-se, porque ela começou a rir e ainda lhe disse que estava muito bonita.

Pouco depois, a menina apareceu ao pé da avó com outra roupa, com os chinelos vermelhos, e com o cabelo molhado, mas penteado.

A mesa da cozinha estava posta, e os olhos da Ritinha riram-se para o lanche que a avó tinha preparado carinhosamente.

O avô chegou, e sentaram-se todos a comer e a conversar.

(continua)

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: