As Estórias do Esu – O Barco Novo

Menino do Mar

O Esu sonhava com um barco de pesca costeira, de fibra, pela resistência ao mar, para ser seu companheiro nos últimos anos da sua vida!

Comprou com grande satisfação uma embarcação em segunda mão, a terceira nestas condições no seu longo e experiente percurso de mestre de arrais; preservou o seu nome original, como era sua prática, procedeu demoradamente às modificações que pretendia, e… usufruiu do prazer de navegar e pescar tranquila e sabiamente.

Mas…

A sua saúde tornou-se subitamente precária, o que não o impedia de fazer a devida e carinhosa vigilância ao seu amigo angustiosamente encalhado.

Em pouco tempo, e inesperadamente, o Esu despediu-se da vida, e o seu amigo de sonho ficou solitário e triste, fazendo o seu luto durante anos, afastando de si qualquer hipótese de voltar para o mar com um novo companheiro.

Um dia, um expedito algarvio interessou-se por ele, por ser tão perfeito, encontrar-se pronto para pescar, e… apressou-se a levá-lo consigo para o Algarve como se tivesse sido oferecido, ou quase, a um amigo.

Nunca mais se soube da embarcação, mas levara consigo o sonho de muitos anos sobre as ondas do mar a pescar, a pescar…

O sonho do Esu e do seu amigo não se realizou, soube-o ontem, pois decorridos somente cinco anos, o barco seria abatido!

Há sonhos que duram pouco, sobretudo quando são a dois e o destino os separa, acabando por morrer um e o outro, ou… um pelo outro!…

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: