As Legendas do Ser

Mar Alentejano Sem Sons de Festival, 2013

Todos os seres são convidados a escrever legendas nas suas próprias fotografias, nos seus passos e nas suas pegadas, a registar os seus sentimentos do momento, a ler as suas expressões, a manifestar os seus desejos subjacentes!…

E…

Se souberem e quiserem, até podem usar a sua imaginação de ondas a rolar na areia da sua praia, e fazer piruetas, e traçar desenhos, e molhar os biquinhos dos seus pés, e… borrifar graciosamente os calcanhares mais pequeninos, os mais queridos, e os mais amigos, convidando-as a caminhar, a correr, a colher e a oferecer conchinhas de lapas ou de madrepérola e / ou flores sem arrancá-las dos seus canteiros estrelados de perfumadas aguarelas!

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: