O Jogo da Rocha com a Gaivota

A Rocha-Animada, 2013

Quando as ondas grandes dormiam, os homens ressonavam, e o sol ainda não se tinha espreguiçado, a rocha ladina, de olho e boca abertos, começou a atirar água para a gaivota, que logo, logo, não gostou da brincadeira.

Depois de ter-se sacudido e fingido que fugia, deixando a rocha sozinha e triste, a gaivota começou a cantar, a bater as asas e… a aproximar-se!

A rocha ficou tão contente, que deu um mergulho e, ao emergir, soltou um espirro tão grande, mas tão grande, que a pobrezinha da desprevenida gaivota foi projetada para mais longe, e… bateu com o bico dentro de água, engasgando-se!

Então, a assustada rocha, chamou pelo vento, para soprar na cabeça e no dorso da aflita gaivota!

O vento ajudou a gaivota, retirou-se, e ela convidou a rocha:

– Vamos brincar à apanhada? Já sei que és prisioneira do mar, mas… podes tentar apanhar-me com jactos de água. Queres, rocha-amiga?

A rocha respondeu-lhe, após um breve silêncio, em que tomou fôlego para se recompor do susto, atirando-lhe suavemente espuma, obrigando a gaivota a fazer piruetas à sua frente!

Uma menina que ali chegou de mansinho, depois de ter deixado a mão do avô que descera pelo lado oposto com uma cana de pesca ao ombro, sentou-se e ficou a arbitrar o jogo da rocha com a gaivota, em silêncio, para não as assustar e poder assistir ao fantástico espetáculo…

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: