As Brincadeiras da Nita e do Nito – A Aula do Faz-de-Conta: As Tágides

A Janela da Muralha

Naquela tarde, a Nita e o Nito chegaram os dois à mesma hora à porta do castelo. Olharam um para o outro, de seguida e em simultâneo para o relógio da torre, e sorriram!

A Nita, entusiasmada, propôs de imediato:

– Nito, vamos brincar ao faz-de-conta?

– Conta?!… Contas são comigo, Nita, mas… conta, conta! – desafiou o Nito!

– Engraçadinho! Podemos rever a matéria da escola. Eu sou a professora e tu és o aluno. Concordas? – sugeriu a menina.

– Tu… a professora? Humm!… – questionou o menino, franzindo o nariz.

– Eu também quero! E posso ser a professora – bateu a asa a Albinha, a gaivota-amiga!

Os amigos concordaram!

Professora – Bom dia, Meninos! Hoje vamos ter uma aula surpresa! Quem gostaria de participar?

Nito – Eu, Sr.ª Professora!

Professora – Muito bem, menino Nito! Já esperava tal iniciativa!

Nito – Obrigado, Sr.ª Professora!

Professora – Já ouviste falar sobre as Tágides?

Nito – Já ouvi, Sr.ª Professora!

Professora – Muito bem! As Tágides estão associadas ao épico! Já falámos acerca delas quando nos debruçámos sobre Os Lusíadas!

Nito – Ahhhh! Pois foi! Mas… isso aconteceu no dia em que me debrucei demais quando deixei cair a caneta e..

Professora – Depois disse-te para ires apanhar um pouco de ar lá fora, na meia-laranja.

Nito – Exatamente, Sr.ª Professora!… E…o Nito obediente foi! Até vi a Sineira a chegar à baía carregadinha de sardinha!

Professora – Isso já passou, Nito! Retomando o nosso tema!…

Nito – Ai, Sr.ª Professora, passou, passou! Talvez ali a Nita, que está tão caladinha, e que gosta muito de dizer coisas, saiba quem foram essas épicas!

Professora – Alguém quer ajudar o Nito?!…

Nita – Eu ajudo, Sr.ª Professora! As Tágides são as ninfas do Tejo!

Professora – Muito bem menina Nita! E… que papel tiveram n´Os Lusíadas?!…

Nita – Inspiraram Camões, Sr.ª Professora!

Professora – Podes descrever as Tágides, Nita, se faz favor?

Nita – As Tágides têm os cabelos compridos enfeitados com pérolas. Algumas trazem nas mãos…

Nito – Cavalos marinhos e…

Professora – Nita, parece-me que o Tonecas precisa novamente da tua ajuda!…

Nita – Com certeza, Sr.ª Professora! Trazem um tridente, ou…

Nito – Tridente?!… Desculpe, Sr.ª Professora! Não pensava que as pastilhas elásticas fossem tão antigas!

Professora – Nito, tridente é um ceptro mitológico de Neptuno com três dentes!…

Nito – E… as espertalhonas das Tágides queriam as forquilhas de três dentes para apanhar os épicos?!… Que pescadoras! Podiam enleá-los com os cabelos! Era mais romântico, mas deviam ter medo que os peixes escorregassem!

Professora – Continua, Nita, por favor!

Nita – Algumas Tágides também trazem na mão uma coroa ou um pedaço de coral!

Nito – Por isso, o Camões tem uma coroa! Foram elas! Não sabia! Então, as Tágides são todas umas beldades de mulheres, quer dizer, umas musas?!…

Professora – As Tágides, por vezes, surgem metade mulheres, metade peixes.

Nito – Sereias, Srª Professora?… Com barbatanas e tudo?!… E… se dão à cauda! Os poetas perdem-na de vista!…

Professora – Nito, concentra-te na literatura e na mitologia, por favor! Tens sempre a atenção noutro lado.

Nito – Sim, Sr.ª Professora! Estou concentrado! Estava a cogitar… se alguma menina da sala podia ser uma Tagidezinha?!…
Hummm! Há aqui uma a quem lhe falta pouquinho, ou quase nada, a não ser mergulhá-la no Tejo, mas… eu tinha de treinar a arte de versejar, para começar!…

Professora – Vamos continuar, Nita!

Nita – As Tágides têm o condão de dominar os corações dos homens.

Professora – Muito bem!… E… também sabes como caminham?!…

Nito – Isso gostava eu de saber, para me orientar, quer dizer, iniciar na arte de bem caminhar toda a… onda!

Nita – Caminham sobre golfinhos ou cavalos-marinhos.

Nito – Boa! Já sei! Se não conseguir ser poeta, quero ficar na história como o golfinho de Tágides!

Os amigos Nita e Nito faziam um esforço para conter o riso, mas já não conseguiam!

A Albinha bateu as asas e voou na direção da baía, atraída pela chegada das traineiras.

Foram ver as horas e despediram-se, sorrindo!…

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: