As Estórias da Bia – A Redação da Pressa Sem Ela

Contos de Criança

Um dia, a Bia mandou os alunos do segundo ano, que teriam de fazer exame no liceu distrital, elaborar uma redação subordinado ao tema: “Devagar, porque tenho pressa!”

A turma entreolhou-se muda e assustada!

Ninguém sabia o que escrever!

Então, se alguém tinha pressa, porque teria de ir devagar? – interrogavam-se os olhares dos alunos.

O silêncio reinava na sala!

Uma menina tímida parecia ter encontrado uma resposta! De vez em quando, baixava a cabeça, e tomava umas notas na sua sebenta.

A professora começou a explicar como os alunos poderiam desenvolver o tema.

Mas… a menina tímida já escrevera uma frase:

“- Se andarmos muito depressa, podemos tropeçar e espalharmo-nos no chão, ou dar um empurrão a outra pessoa, que, se for uma criança ou um velhinho, pode ficar mal. Também se estivermos a fazer os deveres à pressa, por exemplo, as contas e os problemas, nunca chegaremos a ser economistas, e o país torna-se uma desgraça.”

Na redação, a menina tímida não incluiu esta frase, mas lembrar-se-ia e citaria ao longo da sua vida aquele título, ao qual acrescentou um dia:

” – Não queiras correr, se ainda não sabes andar!”

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: