Estórias de Meninas – A Irmã Cabeleireira

Menina

Entrei no balneário!

Não vi ninguém!

Apenas o eco do secador denotava alguma invisível presença.

A minha amiga seguiu o som, deu uns passos, e retorquiu sorridentemente admirada:

– Olha lá para aquilo!

Aproximei-me, e experimentei a sua sensação, ao olhar para duas crianças.

Um menina, talvez com três ou quatro anos, envolta numa toalha-roupão de tons lilás, com bonecos estampados, ignorava o capuchinho caído nas suas costas, segurando magicamente os seus elásticos, pretos e densos caracóis.

Perto de si, com ar fugidio, encontrava-se um menino mais baixo, mas com cara de mais velho do que ela, a quem insistia secar-lhe um pequeno cabelo alourado sem vestígios de estar molhado!

E… persistindo no seu papel de zelosa mãe, puxava-o, voltava-o… gesticulando, dando pequenos e vitoriosos saltinhos!

E… neste mundo de fantasia, ele permitia, e ela sorria!

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: