Gente Boa da Minha Aldeia – O Vendedor de Toalhas

Quilha de Barco-reflexos, 2012

Na minha aldeia, havia um vendedor ambulante muito pitoresco: o Donim das Toalhas!

Era um homem alto e forte de trato afável e educado, mas de poucas falas, que denunciavam a sua origem nortenha.

Empurrava um carrinho retangular, de madeira semelhante a uma banca da praça, mas gigante, com uma rodas enormes, deslizantes  e silenciosas.

As toalhas estavam dispostas por tamanhos e tipos e, algumas, as mais pequenas e coloridas, umas lisas – eu namorava a amarela! – , outras  floridas e estampadas, expostas numa corda, esvoaçando na sua beleza ao sabor dos movimentos da pesada loja ambulante, chamando a atenção dos tentados e necessitados clientes, particularmente das crianças encantadas pela sua magia, sulcando as ruas, e atravessando os bairros pobres como botes carregados de pescaria!

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: