O Avô Contador de Histórias – 14.ª Página

O mar usurpador também fora e continuaria a ser fonte de sustento para a família, gerador de sentimentos contraditórios.

O avozinho contador de histórias, detentor de Cédula de Inscrição Marítima, emitida pelo Departamento Marítimo do Centro, Delegação Marítima da vila, com o n.º 975, encontrou-se inscrito na classe de auxiliar, desde 9-6-42 a 10/1/1958.

No campo dos “Sinais Característicos” onde consta: a “Cor natural” da “Barba – castanha”, dos “Cabelos – pretos” e dos “Olhos – pardos”, apresenta a sua fotografia, sob a qual se pode ler “(Assinatura do Marítimo)” e ver-se a “Impressão digital do polegar direito” a vermelho.

Nas páginas seguintes, com o título “Data da conferência da cédula e pagamento de capitação de socorros a náufragos” , existem colunas identificadas com: “Data, sêlo e rubrica”, devidamente validadas com aposição dos selos de 2$50, ilustrados “Socorros a Náufragos”, a laranja, com imagem de uma embarcação azul com homens a remar, longa – a náloga às “armações”- a navegar num mar tenebroso, datados e carimbados.
(continua)

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: