Mocidade Portuguesa

A Organização Nacional da Mocidade Portuguesa, abreviadamente Mocidade Portuguesa (M. P.) foi criada pelo Decreto-Lei n.º 27 084 de 19 de Maio de , em execução da Lei n.º 1941 de 11 de Abril 1936, e extinta em 1974, após a Revolução de 25 de Abril de 1974.

Era constituída por quatro escalões etários:
Lusitos, dos sete aos dez anos;
Infantes, dos dez aos catorze anos;
Vanguardistas, dos catorze aos dezassete;
Cadetes, dos dezassete aos vinte e cinco anos.

O Ministro da Educação nomeava um comissário nacional para a sua direcção.
A organização era paramilitar e compunha-se de:
Quinas, seis elementos;
Castelos, trinta elementos;
Bandeiras, cento e vinte elementos;
Falanges, duzentos e quarenta elementos.
Cada quina era dirigida por um chefe de quina; os dirigentes superiores eram comandantes.

Em 1951, a totalidade de centros de M.P. era de quinhentos e seis, distribuídos por: escolares; extra-escolares e especializados.

A sua acção limitou-se às actividades de acção social e ocupação de tempos livres da juventude não escolar, na sequência da aplicação do Decreto-Lei n.º 47 311 de 12 de Novembro de 1966.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: