Archive for Maio, 2008

Arrotos
Maio 13, 2008

Idosos

Arrotos são sons expressivos que saem de certas bocas, ecos de terríveis indisposições consigo e com a vida, expelindo-se desagradável, inconveniente e indiferenciadamente, que não fazem “proveito” a ninguém.

Anúncios

Se eu Pudesse…
Maio 13, 2008

Se eu pudesse, seria uma estrela multicolorida a sorrir para todos, em todos os minutos/circunstâncias/lugares em que me lembro de ti, dele(s), dela(s), de vocês, de todos!

Vivências
Maio 13, 2008

Menina ao Vento

Ontem

Andar às voltas com as letras e ter de interromper o jogo, porque o dever profissional chama.

Confortar amigos na hora de uma dolorosa despedida.

Encontrar uma vencedora que conquistou o seu espaço no mundo e adquiriu qualidade de vida.

Enfrentar e ultrapassar as vicissitudes de uma “empresa” alheia com carácter pessoal.

Participar numa festa de aniversário.

Felicitar vários aniversariantes por diferentes vias.

Respirar a brisa marinha, admirar a persistência alva das ondas sobrepondo-se às rochas, encher os olhos de beleza, e ouvir os desabafos de uma amiga.

Partilhar a vida com a família.

Agradecer um dia em que se vive de facto.

Os Ténis e a Batina
Maio 13, 2008

Era uma vez uns ténis a espreitar atrevidamente sob uma jovem batina.

Sorriram para uma senhora que lhes retribuiu o cumprimento, escrevendo-lhes uma mensagem com o olhar:
– Percorram todos os caminhos que o levem ao paraíso e afastem as pedras do seu caminho – obrigada!

Picaram os olhos a uma adolescente que lhes sorriu e exclamou:
– Fixe! Vão até à escola para a malta o conhecer, mas sem essa coisa branca vestida! Ia ser bué!

Deitaram a língua de fora a umas “tias conservadoras” que sussurravam entre si:
– Isto é uma pouca vergonha! Onde já se viu um padre com ténis?!…

Estenderam os cordões a uns senhores que comentavam:
– Sim, senhor! Isto é que é um mensageiro de Jesus! Tão jovem e conhecedor da dimensão humana e espiritual do homem no mundo, transportando a Palavra para a vida do dia-a-dia! Destes tijolos é que a igreja precisa para se renovar e crescer!

Apoiaram uma idosa que tropeçou numa folha e que se agarrou à batina, agradecendo graciosamente:
– Sr. Padre, essa espécie de alparcatas modernas são rijas, hem? Deus queira que lhe aliviem os pés e criem asas para chegar depressa onde a sua Fé o levar.

Aceitaram as carícias de uma menina, que os enfeitou com umas flores, pôs umas joaninhas na batina e perguntou ao jovem:
– Foi o Menino Jesus que te deu estes ténis? Pede-lhe uns iguais para mim e também para a Rosinha, porque os dela já estão rotos e quando chover ela fica com os pés molhados. Mas eu não gosto do teu vestido, porque não é bom para correr; podes tropeçar e cair.

O jovem inclinou-se, os ténis ficaram escondidos, a pensar como poderiam ajudá-lo a satisfazer o pedido da menina e também o desejo secreto do seu amigo de trabalhar no hospital, enquanto ele começou a falar com a criança…

Sentir a Vida
Maio 12, 2008

Amigos

Quem ouve a natureza, mas não a escuta,

Quem a olha, mas não a vê,

Quem a cheira, mas não inala o seus perfumes,

Quem a toca-a, mas não a sente,

Quem prova a água e os frutos da terra e do mar, mas não os saboreia,

Não vive!

Sorriso do Dia – Ementa Especial
Maio 11, 2008

08/05/10

– > Entrada:

Dois encantadores jovens – frutos e amores.

– > Pratos e doces da casa:

– taças de alegria;
– tigeladas de amor;
– pires de conversas polvilhadas de sorrisos.

– > Acompanhamentos à portuguesa:

– Entradinha: queijinho e “panito” regionais – alentajanos.

– Sopa de tomate com ovos escalfados.

– Bacalhau à Brás com salada.

– Sumo de laranja.

– Morangos sem açúcar.

” Em casa cheia, depressa se faz a ceia – juntou-se ainda um chocolatinho – bombom – para cada um, que não falava português, mas que sabia dizer: Amor de filho!

” Diz-me o que comes. dir-te-ei quem és!

Os Vincos da Camisa
Maio 11, 2008

Sol

08/05/09

Umas mangas de camisa alva perfeitamente vincadas que um grisalho e modesto senhor ostentava, desenharam na minha imaginação as mãos amorosas de uma mulher – esposa, mãe ou irmã – certamente “a minha patroa”, a quem se referira dias antes, satisfeito com um bom negócio de carapaus comprados a um pai desesperado, que fariam a delícia de um almoço a dois quando chegasse “à casa”.

O Homem e o Tempo
Maio 11, 2008

Menina a Ler

08/05/08

O homem é como o tempo; são irmãos gémeos no humor instável e nas influências.
Oferecem várias facetas ao mundo, mutáveis repentina, repetida e rotativamente:

– agradáveis e aprazíveis;

– calorosas e gélidas;

– calmas e violentos;

– sorridentes e tristonhas;

– construtoras e destruidoras;

– amigas e inimigas.

Mas o Homem é um ser racional e, se acordar, esfregar os olhos da mente, observar-se e a tudo o que o rodeia, pode renovar o mundo e torná-lo melhor para si e para as gerações vindouras – vamos a isto?

Firmeza, Determinação e Serenidade
Maio 11, 2008

Idosos

08/05/08

Firmeza não é autoritarismo;

Determinação não é sinonimo de arrogância;

Serenidade não significa fraqueza.

As Salas Laranja
Maio 11, 2008

Menina ao Vento

08/05/08

As salas laranja têm saudades tuas.

Há lágrimas nas paredes que não verão a tua filha crescer na tua barriguinha, esticar-se para o tecto, desafiar as tuas turmas com acrobacias escondidas, despertar a maravilha da maternidade nas tuas meninas bailarinas!

Há ausência do chilreio do teu sorriso de menina por todo o lado, mas a tua coragem e felicidade são superiores a tudo isto!

Felicidades, Vencedora!