Calor Humano

O maior sorriso do dia estava estampado no rosto do meu jovem amigo que, transbordando de alegria, tentava falar-me sobre a surpresa que alguém muito especial lhe fizera – bati palmas, daquelas fortes cujo som só ecoa na partilha!

Também vi três cravos a sorrirem-me na mão estendida da minha amiga.

E uma “velha” amiga ofereceu-me o sorriso da sua breve visita no meu local de trabalho.

E gente simples e de boa vontade não parava de acenar-me com sorrisos multicores.

Até os pinheiros sorriam entre si e rodopiavam ao som dos motores que se entrecruzavam na estrada.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: